Avaliação da linguagem

Isabel Pavão Martins / Associação de Estudantes da Faculdade de Medicina de Lisboa / Setembro 2015

Primeiro, avalia-se a fluência do discurso do doente enquanto este descreve um episódio de vida ou uma receita, por exemplo.

O segundo passo trata-se da avaliação da capacidade de nomear objetos que lhe vão sendo mostrados.

A avaliação da repetição consiste em pedir ao doente para repetir palavras e frases gradualmente mais complexas.

Por último, avalia-se a compreensão do doente pedindo simplesmente para que este aponte diefrentes objetos que lhe sejam ditos.